A menina que roubava livros

08:11

O que vocês sentiriam se a dona Morte lhes dissesse: "Eu tenho coração!"?

A minha reação ao ler isso no livro A menina que roubava livros foi das mais surpresas. Como a Morte pode ter coração? E no decorrer da história de Liesel Meminger, eu descubro o porquê o que ela disse é a mais pura verdade.
A história da garota de 9 anos, que é abandonada pela mãe na época da Segunda Guerra Mundial, e adotada por um casal nada convencional, se passa num pequeno bairro alemão, onde ela conhece seu primeiro amor, apanha da professora na escola e vive muitas aventuras, medos e desilusões.
Não tem como não se emocionar, ficar com raiva e querer entrar na história e fazer diferença. E, o ponto forte de tudo é que a Morte é nossa narradora, e ela conta com tanta vontade, tanta alegria, que acabamos nos simpatizando com essa figura.


O livro se encontra em qualquer loja de livros.
A menina que roubava livros
Markus Zusak
Editora Intrínseca
494 páginas

Para mais informações:

Submarino

You Might Also Like

0 pensamentos