Paciente 67 - Dennis Lehane

Não sou uma expert em crítica literária, mas tentarei deixar toda semana, às vezes até duas vezes por semana, uma crítica sobre algum livro que eu tenha lido ultimamente ou sobre algum livro que eu tenha lido há mais tempo. Espero que gostem e se divirtam! Este é um que eu li recentemente e uma amiga me emprestou.

Este talvez seja o livro mais alucinante de Lehane. Alucinante no sentido de ser totalmente delirante e claustrofóbico. Nos momentos finais pensa-se que a história toda é um sonho contada pelo próprio personagem.
A história se passa no verão de 1954 e os xerifes Teddy Daniels e Chuck Aule vão para uma ilha investigar a fuga de uma interna do Hospital Psiquiátrico Ashecliffe. A interna, Rachel Solando, escapou de um quarto vigiado e trancado à chave, além de não ser encontrada na ilha. Esse é o começo de uma história que te prende desde o começo.
O final do livro é surpreendente e deixa o leitor cheio de comos e porques. Apesar da supresa e da incredulidade final, esse é o livro mais louco de Lehane, não assusta como os outros e a história parece já ter sido contada por algum filme. Quel leu Sobre meninos e lobos e Apelo às trevas entenderá o que estou dizendo depois de ler este livro.

Comentários

Anônimo disse…
Virgem Carol Santíssima que ilumina os meus caminhos! Obrigada por atender a minha prece, ALELUIA! huahauhauah Penei tanto pra entender a postagem de vídeos e estava longe disso! hauhauahu
Valeu Carol! Dá uma olhada lá no João do Rio que eu postei. BJs
Anônimo disse…
e como é que você tem coragem de dizer que não é capaz de fazer crítica literária? "Alucinante no sentido de ser totalmente delirante e claustrofóbico". E ainda faz menção de intertextos... Então tá né! Bjs

Postagens mais visitadas deste blog