Piaf - Um hino ao amor

21:22

Sinopse do filme:
A vida de Edith Piaf (Marion Cottilard) foi sempre uma batalha. Abandonada pela mãe, foi criada pela avó, dona de um bordel na Normandia. Dos 3 aos 7 anos de idade fica cega, recuperando-se milagrosamente. Mais tarde vive com o pai alcoólatra, a quem abandona aos 15 anos para cantar nas ruas de Paris. Em 1935 é descoberta por um dono de boate e neste mesmo ano grava seu primeiro disco. A vida sofrida é coroada com o sucesso internacional. Fama, dinheiro, amizades, mas também a constante vigilância da opinião pública.

Desde a premiação do Oscar, estava com vontade de assistir ao filme biográfico de Edith Piaf. Nesta visita a casa de meus pais, minha mãe comentou que queria assistir ao filme também. Fui a locadora e qual não é minha surpresa: aqui tinha chegado o filme. Aluguei. À noite, esperei minha mãe terminar seu trabalho e começãmos a assisti-lo. Que filme! Que direção sensível! Que interpretação formidável! Marion Cotillard incorporou Edith Piaf. O andar curvo, a boca meio deformada. Ao ver um vídeo de Edith Piaf no Youtube.com, pensei ser uma cena do filme, mas não era.
Entre os filmes biográficos que já assisti, Ray Charles ainda é o primeiro da minha lista. Não só pela surpreendente interpretação de Jammie Foxx, mas pela história desse cantor. A dor, o vício, a desintoxicação, o perdão. Em segundo, está esse filme de Edith Piaf. E, em terceiro, a biografia de Cazuza, onde Daniel de Oliveira também personificou o cantor. Há outros filmes, também, mas esses três me marcaram até a alma.

You Might Also Like

2 pensamentos