Ao meu irmão

19:22

Não deixe samba morrer
Não deixe as palavras afastar
Pequenas epifanias brancas
Que rasgam meu coração.
Eu sou o lado imperfeito da conjugação,
E quem somos nós para julgar?
Meus sentimentos são periféricos,
Como um louco cantando às 3h da manhã.
A vida não é perfeita,
Os caminhos... tortuosos.
Mas viemos do mesmo ventre,
Temos o mesmo sangue.
Segura em minha mão
e acredite:
O mundo é nosso,
meu irmão!

You Might Also Like

0 pensamentos