Não guardo lágrimas. Guardo palavras. Elas estão enchendo meus bolsos como dinheiro... Aliás, palavras poderiam ser a moeda corrente do mundo atual. Que papel que nada! O negócio é trocar palavras. Palavras simples, simpáticas... É, mas se palavras fosse moeda corrente... o mundo se afundaria... Mas voltando. Eu guardo palavras. Na verdade, coleciono palavras. Palavras bonitas sempre estão em minhas cartas, e-mails e declarações de amor. Palavras rudes, guardo para momentos de raiva ou de pura histeria. Tenho algumas palavras de consolo escondida na carteira para amigos que possam precisar.
Ah, mas minhas preferidas ainda são as palavras de carinho e amor. Palavras que tocam nossos corações e nos deixam envaidecidos. Palavras que esperamos escutar e que gostamos de falar. Há pessoas que falem palavras bonitas apenas para conquistar alguém. Esse tipo de pessoa é hipócrita e ridícula, não sabe o que está perdendo ao sentir algo bonito e verdadeiro.