Não sou menos mulher

18:23

Hoje é o dia da mulher, mas vamos parar por um instante e pensar como algumas pessoas são tratadas nesse dia. Um amigo mencionou em seu facebook que as pessoas o estavam parabenizando pelo dia da mulher, afinal ele é gay. Já no meu caso, as pessoas não cumprimentam porque sou lésbica.
O que o faz menos homem por ser gay ou o que me faz menos mulher por ser lésbica? A minha resposta é NADA.
Mas o que faz as pessoas pensarem assim?
Desde que o mundo é mundo, os homossexuais sempre se esconderam por causa do preconceito. Quando passamos a estar mais em evidência porque cansamos de nos esconder, os preconceituosos de plantão começaram a nos estereotipar. Lésbica é mulher-macho, coça o saco e cospe, gays são afeminados e cheios de não-me-toques. Quem criou isso? As mentes pequenas que continuam por aí agredindo, xingando e fazendo comentários ridículos, desrespeitando-nos.
Pessoas muito próximas a mim fizeram esse tipo de “brincadeira” e continuam fazendo, mas ninguém perguntou o que eu sinto com isso. Ninguém se importou em saber o que eu acho sobre isso.
Eu não sou homem, eu não cuspo e nem coço saco. Eu uso saia, sim. Eu passo batom. Eu faço o pé e a unha, além de passar esmalte. Porque o fato de eu gostar de mulher me faz menos mulher e não poder fazer nada disso? O que faz meu amigo menos homem por ele gostar de outro homem?

Quem são essas pessoas que podem julgar dessa maneira? A maioria dessas pessoas não pensam por si só, aliás, muitas delas não pensam nada. Só gostaria que elas vivessem em seu próprio mundo e deixassem que as outras pessoas viverem suas próprias vidas.

You Might Also Like

0 pensamentos