17:57

Meu relógio sangra tua ausência
como segundos que demoram a passar
e no silêncio de minha escuridão
sua voz me guia para mais perto de ti.

E, este silêncio que me ocupa,
traz lembranças de nossos dias,
a fumaça do meu cigarro misturando com o seu,
seu olhar penetrando o meu,
seu sorriso lindo, cheio de vida.

As horas que voam e que se tornou nossa inimiga,
a lua que foi nossa cúmplice nas noites quentes,
a chuva que batia na janela...

A saudade bate e aperta,
e o sangue que escorre
derrete minhas lágrimas.

Fica em mim o seu olhar
Sua boca
Sua mão
Sua voz...

Fico eu em você
E fica você em mim!

You Might Also Like

0 pensamentos