Esperem só [Heinrich Heine]

15:39

Só porque arraso quando arrojo
Raios, acham que não sei troar.
Ora, meus senhores, ao contrário:
Na arte do trovão não sou pior!

No devido dia, eu ponho à prova,
Quem duvida agora é só esperar;
O meu peito então vai trovejar,
E trincar os céus, a minha voz!

No fragor daquele furacão,
Os carvalho secos vão rachar,
Os castelos vão desmoronar,
Velhas catedrais, ruir ao chão!


You Might Also Like

2 pensamentos