21 de janeiro de 2011

Se te pareço noturna
e imperfeita
Olha-me de novo.
Porque esta noite
Olhei-me a mim,
como se tu me olhasses
E era como se a água
Desejasse...

Hilda Hilst

2 comentários:

Bel Rech disse...

e te amaria sempre...lindo!!!

Anônimo disse...

Hilda; perfeita.