O invisível

03:15

tudo bem se não vem além do sonho
amanhã será igual, será de novo
e não tenho nada pra mudar em você
e não tenho nada pra dizer, porquê...

e não tem porquê partir
e não tem porquê ficar
e não tem porquê partir
não tem porquê duvidar de mim

olha não sou de ferro, não sou de aço
mas sou teu

olha não sou de nada,
não sou ninguém
mas sou teu,
meu bem.

será que eu sou o invisível
o homem que ninguém vê
a mulher que ninguém vê

será que andei por me perder
por me vender
pra viver

acho mesmo que eu sou
o caminho do meio
o bebê que não veio

aquele que ninguém quer saber
o plano era ficarmos bem
irmos pro além mar
o plano era ficarmos bem - bem.

Rick, um grande amigo meu, escreveu essa poesia para uma música que fiz.

You Might Also Like

1 pensamentos